17.4.13

Critica a "Nómada"

Olá a todos!

Embora já tenha visto o filme há duas semanas decidi agora compartilhar com vocês a minha modesta critica a "Nómada" por me ter apercebido que o filme não estava a ser bem recebido nas salas de cinema.

Começo por dizer que li o livro assim que saiu em Portugal e embora estivesse curiosa para ver o filme quando confirmaram a sua adaptação ao cinema com o tempo acabei por perder o interesse. A minha intenção de ver o filme terminou quando vi a escolha de actores e quando vi as primeiras imagens que não me chamaram atenção.

Acabei por mudar de ideias e ir ver o filme ao cinema porque lhe queria dar o beneficio da duvida e ver se o tinham ou não adaptado bem o cinema. E posso dizer agora que foi uma decisão acertada! O filme revelou-se uma verdadeira caixinha de surpresas e acabou ser ser muito melhor adaptado do que eu estava a espera inicialmente.

O elenco revelou-se à altura das suas personagens, principalmente o trio principal, Max Irons (Jared), Jake Abel (Ian) e Saoirse Ronan (Nómada/Melanie).

No filme percebe-se porque escolheram Saoirse Ronan como Noa e Melanie, ela conseguiu interpretar na perfeição os dois papeis tão distintos no mesmo filme, mostrar uma Noa apaixonada e bondosa e ao mesmo tempo uma Melanie teimosa e cheia de determinação.

Max Irons foi uma revelação no filme, isto porque no meu caso não tinha gostado da personagem no livro, mas fez sem duvida um papel exemplar tendo um Jared num momento apaixonado mas noutro momento dividido com a nova presença na sua vida que é Noa.

Jake Abel como Ian também surpreendeu ao dar alma ao personagem bondoso e mente aberta que se revela Ian ser no livro.

Quanto ao resto das personagens foram bem adaptadas e interpretadas porque o elenco conta com grandes actores.

Quando ao filme em si, ele está ligeiramente alterado, por isso não vemos muitas cenas do livro no nele, mas acabou por ser uma surpresa agradável. É verdade que temos as cenas essenciais, possivelmente as que mais marcaram o livro, mas as alterações que vemos acabam por dar vida ao filme.

O triângulo amoroso funciona no filme, porque existe uma química muito grande entre Iron, Ronan e Abel, há muita aventura pelo meio e os efeitos do filme são bastante bons. Outra surpresa agradável é a banda sonora, que foi composta por Antonio Pinto, e é absolutamente magnifica!

Termino dizendo que para quem leu o livro não deveria passar a oportunidade de ver o filme no cinema, porque é o tipo de filmes que nos arrependemos de não ver no grande ecrã e talvez por isto não venhamos a ter sequela...
Saímos de lá agradados com o filme e por isso se ainda tens "Nómada" numa sala de cinema perto de ti não deverias perder a oportunidade.

Rita.

Sem comentários: