21.11.09

Fanfiction - Sunset por Rita Lima

Sunset é uma fanfiction criada pela Rita Lima, dedicada à Nessie.
Este é apenas o primeiro capítulo, esta fanfiction tem continuação! Por isso esperamos por mais!

Sunset

Parte 1
“Quando eu te vejo, começo a sorrir…”
Antoine de Saint-Exupéry


Capitulo 1

Jacob encostou-me á Pick Up e beijou-me. Os meus braços rodearam-lhe o pescoço e as suas mãos a minha cintura.
- Tive saudades tuas! – Murmurou Jacob ao meu ouvido.
Desta vez fui eu que o beijei. Ouvimos um barulho e olhamos para trás, era Billy que tossia.
- Olá pai!
- Olá Billy! – disse envergonhada.
- Já não te vejo á três dias, que é feito de ti rapariga? – perguntou Billy.
- Escola… - respondi.
Jacob torceu o nariz. Ri-me, e este beijou-me.
- Bem, já vi que estou a mais, até já.
Quando Billy voltou costas, Jacob sorriu-me.
- Anda – prosseguiu.
Fomos a caminhar até á praia, onde conversamos e caminhamos junto do mar. De repente Jacob parou.
- Que foi? – perguntei.
Olhou para mim com um olhar perverso.
- Jake, nem penses! Jake! Jake!
Um jacto de água veio na minha direcção deixando-me encharcada. Respondi na mesma moeda. Comecei a correr, a gritar, enquanto Jacob me tentava acertar com mais um bocado de água. Este alcançou-me e agarrou-me, virei-me e beijei-o. Os nossos lábios moviam-se freneticamente. Estava completamente apaixonada.

Ter 16 anos era fantástico. Começar a namorar com Jacob era das melhores coisas que me tinha acontecido. Encontrava-me agora, em frente do meu toucador, a escovar os meus longos cabelos cor de bronze que de encaracolados tinham passado a ondulados e a relembrar a tarde magnífica que tinha passado com Jake. Abri a cama e deitei-me, o sono apoderava-se de mim.
Senti um ligeiro toque na testa
- Boa noite, Nessie...
- Boa noite, pai...
Sorrindo já de olhos fechados, acabei por ceder ao cansaço.


O 2º capítulo será postado para a semana. :)

Robert e Kristen respondem a questões de Natal

Fonte: Youtube(user: TheChristmasChannel)
Via: Robward e Krisella

Scans da Bravo (Espanha)

Fonte: TodoTwilightSaga

Billy e Justin - American Express Screening Of New Moon (Canadá, dia 19)

Fonte: twilightsagafan

Scans da TimeOut London

Fonte: Twilight Fans Community

Kellan Lutz no Jay Leno


Fonte: Twilightersfans

Crítica de New Moon – Yahoo

O Yahoo publicou sua crítica para o segundo filme da saga Crepúsculo, Lua Nova. Sugiro, aos que ainda não assistiram ao filme, que não continuem a leitura deste post. É importante lembrar que, somos fãs e nunca teremos a mesma visão daqueles que comentam o filme. Então vamos respeitar o que eles têm a dizer, afinal, nada nem ninguém mudará nossa opinião ou entenderá como nos sentimos em relação a história.

Os fãs da saga “Twilight” não precisam de se preocupar. “Lua Nova” atende a todas, ou quase todas, as expectativas de quem passou um ano esperando pela continuação de “Crepúsculo”. Com mais acção, melhores efeitos especiais, é mais maduro, a segunda adaptação para o cinema dos livros escritos por Stephenie Meyer certamente vai deixar os adolescentes muito contentes. Mas só eles.
O Yahoo! Brasil conferiu o filme em pré-estreia realizada em São Paulo. Durante toda a exibição, não faltaram gritos e suspiros em alto e bom som na plateia cada vez que Edward Cullen (Robert Pattinson) fazia uma declaração de amor a Bella (Kristen Stewart), ou Jacob Black (Taylor Lautner) tirava a camisa e mostrava o abdomimais. Mesmo já sabendo de cor e salteado o que ia acontecer, o público deliciou-se com as cenas colocadas na tela pelo diretor Chris Weitz.
Além da mudança na direção (”Crepúsculo” tinha ficado a cargo de Catherine Hardwicke), “Lua Nova” de facto representa uma evolução em relação ao primeiro filme, no qual a temática adolescente mostrava. Agora, Bella e Edward ganharam um amor de proporções épicas, ao estilo Romeu e Julieta. Tanto que em uma das primeiras cenas do filme, os dois estão assistindo justamente a uma versão para o cinema do clássico de William Shakespeare.
A história começa com Bella em crise por completar 18 anos e, em teoria, ficar mais velha que Edward, já que o imortal terá eternamente 17. Para piorar, um incidente ocorrido na casa da família do namorado o leva a terminar o relacionamento e abandonar a heroína Bella.
Deprimida, Bella descobre que a prática de desportos radicais lhe permite ter visões do amado que está distante. Com a isso, ela aproxima-se de Jacob, personagem que mal aparecia no primeiro filme, mas que aqui é tão protagonista ou mais que Edward.Ele vai conquistar um espaço no coração da protagnonista com a ausência do vampiro. Mas nesse aspecto terá sempre papel de coadjuvante.
Daí por diante, muito vai acontecer até que os pombinhos principais fiquem juntos novamente. Mas como eles não são Romeu e Julieta, é fácil prever que até o final do filme irão se reencontrar, já que ainda existem outros dois filmes para serem lançados.
Além da acção e dos efeitos especiais, o que “Lua Nova” traz de melhor são os coadjuaçentes, como Ashley Greene no papel de Alice, irmã de Edward e agora confidente de Bella, e a introdução do clã dos Volturi, espécie de realeza dos vampiros. Bastam cinco minutos para que Dakota Fanning, no auge de seus 15 anos, roube a cena no papel de Jane Volturi. Assim como Michael Sheen interpretando o líder Aro.
Kristen Stewart melhorou um pouco em relação a “Crepúsculo”, mas continua com uma falta de expressividade gritante. Robert Pattinson pouco aparece, mas quando o faz é sempre com uma feição de quem vai começar a chorar. E Taylor Lautner pode ter encorpado de um filme para o outro, mas ainda precisa comer muito arroz com feijão para ser considerado um actor.
Apesar disso, a falta de dotes artísticos provavelmente não vai ser muito notada entre o público adolescente, já que a história de Stephenie Meyer é envolvente o suficiente para os corações dos jovens. Assim como a trilha sonora, repleta de bandas , como The Killers, Muse, Death Cab For Cutie e Thom Yorke sem o Radiohead. Agora é esperar por “Eclipse”, previsto para estrear em junho do próximo ano.
Fonte:Foforks
Tradução e adaptação:Volturi guard

Chris Weitz diz que Lua Nova tem carga espiritual

O G1 entrevistou Chris Weitz, que falou sobre a produção de Lua Nova e os factores que envolvem o filme. Em determinado momento da entrevista, Chris afirma que, para ele, a sequência de Crepúsculo possui uma certa carga espiritual, que seria um dos pontos chave da história.
Muitos fãs torceram o nariz quando foi anunciado que Chris Weitz seria o responsável pela direção de “Lua nova”, sequência de “Crepúsculo”. Mas com o lançamento mundial do filme, nesta sexta-feira (20), o director mostra que, mesmo sendo homem, conseguiu mergulhar fundo na desilusão amorosa de uma garota, a protagonista Bella.
Entrevista:

Vampiros e lobisomens tornaram-se um fenômeno actual, com vários filmes e séries de TV sobre o tema. Na sua opinião, o que isso representa?

Chris Weitz – Uma das coisas interessantes de “Lua nova” é que a heroína é virgem e o herói é bastante cuidadoso em preservar a castidade dela. Stephanie Meyer é uma praticante, e os livros dela são bastante castos. Qual seria a lição de tudo isso? Eu vejo o filme como uma metáfora totalmente adaptável. A personagem de Edward é bastante preocupada com o facto de que ele perdeu sua alma e não quer impor isso à sua amada. Então, na verdade, estamos a lidar com uma carga bastante espiritual, em vez de estarmos a fazer um filme sobre lobisomens e vampiros.

Explique um pouco sobre sua decisão sobre o que manter do livro para não desapontar os fãs da saga?

Weitz – Sempre acaba a condensar alguma coisa, mas tento fazer isso de uma maneira que os fãs do livro não se sintam terrivelmente desapontados. Em determinado momento, Stephanie Meyer contou-me que os fãs listaram que as dez passagens mais famosas do livro estavam no filme e ela estava bastante satisfeita com isso. Ao mesmo tempo, não quer fazer um filme que seja acessível somente às pessoas que leram o livro, quer expandir o apelo da história o máximo possível. Para mim, o filme é tanto um épico romântico quando um épico de acção feito com efeitos computadorizados. Acho que acrescentamos vários elementos que não agradam somente ao fã dos livros como também ao publico que quer ver um filme bonito e se sente atraído pelo teor dessa história.
Preocupa-se com o facto de que Bella é infeliz por quase toda a duração do filme?
Weitz – Acho que parte do apelo dessa saga de livros é a melancolia que a perda de seu primeiro amor pode representar. É bastante interessante fazer essa representação por meio da música e de uma fotografia de tonalidades mais escuras. Nós queríamos explorar esse tema e também fazer um filme bonito e intrigante. É claro que o filme é bastante sombrio e triste, mas é uma tristeza agradavel, e existe um êxtase no encontro final do filme, ou pelo menos uma promessa disso.

Procurou trazer ao filme as memórias do primeiro amor?

Weitz – Sim. No começo houve uma certa dúvida se seria apropriado para um homem dirigir este filme. Mas eu nunca vi isso como um problema, porque ter uma desilusão amorosa é para qualquer gênero. Quem é que não teve o coração partido?. E esses sentimentos fizeram o filme ser bastante atraente para mim, pois eu pude identeficar-me e entender as personagens. É claro que neste filme pode vivenciar a fantasia de que foi abandonado pela pessoa por quem ama pois ela estava a tentar poupar-te. Essa é a chance que Bella tem no filme, e que muitos de nós nunca experimentamos.

Trabalha com um elenco de atores jovens e muitos novatos. Como vê o potencial deles no futuro?
Weitz – Acho que todos têm um potencial extraordinário. Kristen Stewart vem actuando desde os 12 anos e acho ela incrível. Ela é uma das pessoas mais sérias e uma das melhores atrizes que já dirigi. Rob [Robert Pattinson] terá que lidar bastante com essa incrível atenção a qual está a ser exposto. E é muito importante que ele se distancie no futuro de personagens como Edward Cullen. E ele já está a fazer isso. Ele é um rapaz muito esperto e bastante interessado em ampliar os seus horizontes, não só a interpretar esse vampiro de 109 anos. Eu fico um pouco preocupado por ele, pois Rob não pode experimentar o prazer de ir tomar um café na esquina como muitos de nós podemos fazer. Taylor, por sua vez, mostra neste filme como ele pode ser carismático e como tem um bom físico. Eu acho que ele vai converter muita gente do team Edward para o team Jacob (risos).

Jacob aparece sem camisa quase todo o filme. Houve algum debate sobre isso?

Weitz – Bem, esse é um debate bastante Machista. A familia de Jacob é muito pobre. Sempre que eles se transformam em lobos, as roupas deles rasgam. E eles não têm muito dinheiro para comparar novas roupas. Então é por isso que ele aparece só de shorts o tempo todo (risos).
Após o primeiro filme houve um debate a respeito de Taylor Lautner no papel de Jacob novamente. Por que decidiu mantê-lo?

Weitz – Na verdade nunca houve uma decisão. Eu sempre soube que queria que fosse ele. Quando assisti ao primeiro filme, eu gostei muito da performance dele. Mas o estúdio tinha duas questões: poderia ele ter 1,95 metros, e a resposta para essa pergunta era não, e se ele poderia transmitir toda a ira pela qual o personagem atravessa no filme. Para mim era muito mais fácil tentar transformar um actor que apresentou esse lado doce no primeiro filme e tentar extrair dele uma natureza mais raivosa do que tentar achar um galã de 1,95 metros. Nunca considerei outros actores para o papel, então isso não foi nenhum problema para mim.
Como lidou com o interesse dos paparazzi durante as filmagens?

Weitz – Bem, não foi um terrível problema para mim. Foi um grande problema para os actores, pois os paparazzi tiraram fotos de um momento privado da vida deles que, de repente, se tornou posse de outras pessoas. Um dos paparazzi chegou a se fantasiar de pedra (risos). Alguém viu essa “pedra” que andava com uma máquina fotográfica na mão, e tentando manter-se incógnito perto de uma região montanhosa onde filmávamos. Veja a que ponto chegamos (risos).

Como foi filmar as cenas externas, na Itália?

Weitz – Nós rodamos nessa charmosa cidade de Montepulciano. Os paparazzi até que não representaram tanto problema quanto a logística que tivemos de montar para conter os fãs que apareceram em todos os hotéis da cidade e de seus arredores. Se não posicionasse a câmera corretamente, algumas fãs poderiam aparecer ao fundo. Foi um grande problema logístico, mas também foi legal ver uma legião de fãs de 14 anos ficarem no maior silêncio enquanto rodávamos uma cena e depois, quando gritavamos “corta”, elas explodiam batendo palmas.

Fonte:Foforks
Tradução e adaptação:VolturiGuard

Vaticano fala de Lua Nova

De acordo com o jornal Correio, da Bahia, o Vaticano fala sobre a sequência de Crepúsculo, Lua Nova.

O Vaticano condenou o novo filme da saga ‘Crepúsculo’, ‘Lua Nova’, que estreia nesta sexta, 20. O bispo Franco Perazzolo, do Pontíficio Conselho Cultural, descreveu o filme como ‘um desvio moral’, e aconselhou cristãos a não vê-lo.

"Essa temática vampiresca em ‘Crepúsculo combina excessos que dão uma elevada atmosfera esotérica ao filme’, disse o padre ao ‘The Daily Express’. "É um filme com desvios morais, que deve ser visto com preocupação".

O Vaticano também atacou os filmes e livros da série ‘Harry Potter’, destinados ao público infanto-juvenil, que tratam de bruxaria e um mundo encantado com seres mágicos.

Fonte:Foforks
Tradução e adaptação:Volturi Guard

Nova entrevista do Robert no Japão

Fonte: Youtube(user: odameCA)
Via: Thinking of Rob

Kellan no Good Day New York, ontem



Fonte: Kellan Lutz Online

Entrevista da Kristen para a FOX11AZ

Fonte: Youtube(user: FePattz2)
Via: Robward e Krisella

Kellan e Nikki no "The Today Show"


Fonte: Kellan Lutz Online

Para onde o Robert está a olhar?

Uma pequena espreitadela para as pernas da Kristen? :)

Fonte: TodoTwilightSaga

Robert em Nova Iorque ontem à noite

Fonte: Robsessed

Entrevista do elenco do New Moon no Jimmy Kimmel

Fonte: Youtube(user: JimmyKimmelLive)
Via: Robert Pattinson Life

Passatempo Nomada-Terminado

Boa tarde pessoal!

Pois é, já passaram alguns dias e o dia 17 já lá vai, o passatempo Nomada já terminou, não aceitaremos mais nenhuma frase enviada.

Agora vamos entrar em fase de decisão por isso o Volturi Guard deseja-vos Boa Sorte!

Dentro de em breve saberão os resultados e as frases vencedoras irão ser postados.

Novas fotos de Ashley Greene



Estas fotos são para a revista australiana Grazia magazine.
Fonte:Brandheroin

Ashley Greene a promover o New Moon em Chicago





Estas fotos são do dia 20 de Novembro!
Fonte:Jasperalice(livejournal)